Login: Senha:
   
A Companhia das Fibras
História da Tecelagem
A História da Tecelagem
A Tecelagem
A Tecelagem Retratada por Vincent Van Vogh
A Introdução da Tecelagem Artesanal no Brasil

A Introdução da Tecelagem Artesanal no Brasil

A tecelagem manual é, provavelmente, uma arte milenar das mais antigas. Supõe-se que começou seu desenvolvimento por volta de 5.000 a.C. Em todas as culturas são encontrados vestígios dessa atividade, sempre marcando a própria história do respectivo povo. 
Os teares mais antigos são os que, ainda hoje, servem para confeccionar alguns dos tapetes mais valiosos do mundo.
Na época do descobrimento do Brasil, os índios nativos já trabalhavam a “trama e a urdidura”.
Durante o período de colonização, vieram de Portugal colonos e pessoas humildes ligadas às atividades de subsistência, destacando-se entre elas, a arte de fiar e tecer em teares manuais.
Além da técnica, os portugueses trouxeram todos os objetos necessários para a sua execução: teares, rocas, cardas etc.
No século XVII, esse tipo de trabalho chegou a ser proibido, pois desviava a mão-de-obra das lavouras e das minas de ouro e diamante. D. Maria I, na época a Rainha de Portugal, decretou a proibição da tecelagem artesanal e a queima de todos os teares.
A arte de tecer só voltou a tomar fôlego, em Minas Gerais, com o declínio do ciclo do café, e mesmo com a industrialização, não perdeu sua força, pela beleza das peças artesanais.
Minas Gerais foi a região que mais absorveu as técnicas da tecelagem manual.  É hoje a expressão maior desta arte, com características bem originais, porém, conservando muito a tradição portuguesa.



   




A História da Tecelagem
A Tecelagem
A Tecelagem Retratada por Vincent Van Vogh
marketing@ciadasfibras.com.br
11-3773-9953
A Cia das Fibras
Tapetes
Ambientes
Acontece
Ações Socio-Ambientais
Home
Contato
Nossas Revendas
Dúvidas Frequentes
Siga-nos: